Operação Big Hero

Título Original- Big Hero 6
Título Nacional- Operação Big Hero
Diretor- Don Hall/Chris Williams
Roteiro- Jordan Roberts/Daniel Gerson
Gênero- Animação/Aventura/Comédia
Ano– 2014

-Operação diversão…

O mais novo queridinho da criançada pode ter chegado com o lançamento do novo filme da Disney Animations. Big Hero 6 consegue aliar todos os aspectos mais importantes para conceber uma boa obra do gênero: Diversão, visual criativo, história acessível, personagens bem pensados. Tudo isso resulta numa obra muito agradável de ser apreciada. Mesmo seguindo uma linha mais voltada para o infantil não afasta completamente o público adulto, caminhando na difícil rota que atende os dois públicos.

Hiro é um jovem muito inteligente, mas que não vê razão em continuar frequentando a escola regular. Ele então resolve preparar-se para ganhar dinheiro com as lutas de miniaturas de robôs, obviamente o sucesso é imediato, pois sua pequena criação está muito além dos demais rivais. Enquanto isso seu irmão Tadashi seguia o padrão e estudava numa faculdade. Certo dia, porém, ele resolve apresentar ao seu irmão mais novo o lugar em que aprendia. Hiro sai de lá maravilhado e animado para também fazer parte daquele mundo, para tanto ele precisava de uma invenção realmente especial. Ele dedica-se ao máximo e cria algo revolucionário; os minibôs.

Só que a ideia de Hiro tinha sido tão fantástica que desperta a cobiça de outros. Logo após a exposição um acidente acontece e seu irmão falece tentando salvar uma pessoa, devastado pela perda o jovem fica perdido e desinteressado frente à vida. É aí que o simpático Baymax irá surgir para animá-lo. Tadashi já tinha apresentado o robô ao irmão noutro momento, mas agora ele tinha ficado como a única lembrança do seu melhor amigo. Rapidamente eles irão tornar-se amigos e descobrirão um vilão que está usando a invenção de Hiro, supostamente para ter sido destruída no incêndio que vitimou seu irmão. Intrigado por tudo aquilo eles irão pesquisar ao mesmo tempo em que buscarão impedir o inimigo.

Nesse meio tempo muitas aventuras aguardam os agora heróis que também contarão com a ajuda dos antigos amigos de Tadashi. Com um ritmo excelente, uma história simples, mas bem criada, Operação Big Hero é daquelas animações marcantes que não sairão da memória facilmente tanto dos pequenos como dos adultos que ainda mantém seu lado criança vivo. O robô Baymax é puro carisma o mesmo aplicando-se a Hiro, os amigos que os ajudam também são bem divertidos, não havendo aquele tipo indesejado entre os que compõem o time. Talvez o vilão seja o ponto um pouco mais fraco, mas não chega a comprometer e todo o resto mantém um nível tão alto que compensa este aspecto mais falho. Uma obra imperdível para quem quer divertir-se sem medo de deixar seu lado criança aparecer.

Intensidade da força: 9,0

2 opiniões sobre “Operação Big Hero”

  1. Definitivamente parece que todos concordam que o vilão é o ponto fraco do filme, mas claro que não chega a atrapalhar a diversão.

    Vai ser um filme marcante sim, mas ainda acho que ele foi lançado numa época complicada e pelo que percebi pouca gente (pelo menos por aqui) assistiu.

    Lindo demais o Baymax: “Não entendo como voar vai me tornar um melhor agente de saúde.” heheeh

    1. Não sei se foi a época Márcio, mas a propaganda mesmo. O filme remonta um pouco a filmes mais bem trabalhados como Wall-E, Up e Ratattouille, diferentemente de outros mais bobos como Pinguins de Madagascar e similares. Lá fora está fazendo muito sucesso, pois as pessoas se interessam em saber mais de quem é o filme e do que se trata, ao contrário daqui em que ainda encara-se o ato de ir ao cinema como um programa de última hora, secundário ou por falta de opção.

Deixe seu comentário