Anjos da Lei 2

Título Original– 22 Jump Street
Título Nacional- Anjos da Lei 2
Diretor- Phil Lord/Christopher Miller
Roteiro– Michael Bacall/Oren Uziel
Gênero– Comédia/Ação
Ano– 2014

Rua das confusões…

Continuando o sucesso da primeira investida, a dupla de policiais Schmidt (Jonah Hill) e Jenko (Channing Tatum) retornam para a comédia que já tinha alcançado bastante sucesso anteriormente. Com a difícil missão de manter o bom nível do primeiro filme, Anjos da Lei 2 chegou aos cinemas nacionais no mês de setembro já apoiado pela ótima receptividade conquistada no mercado americano. Com uma linha bastante escrachada, o filme não se leva a sério, nem mesmo os atores, o que não impede que aquilo que é apresentado tenha um nível baixo.

Depois dos bons resultados do primeiro programa, conhecido pelo título que carrega no filme original, o projeto 21 Jump Street é liberado pelo governo para ter uma segunda aposta. Dessa vez com muito mais recursos financeiros, a dupla terá um apoio muito mais na caça ao grupo criminoso responsável por disseminar a droga “Whypy” numa faculdade americana. O longa anterior usava o High School (algo semelhante ao ensino médio brasileiro) como pano de fundo para as ações da trama. Os colegas irão se infiltrar no ambiente a fim de tentar encontrar o responsável por espalhar o entorpecente.

A todo momento há a brincadeira sobre a idade dos dois, principalmente à personagem de Jonah, numa espécie de alusão à própria impressão real que o ator passa nesse sentido. Dentro do ambiente escolar eles irão se enturmar e é aí que a relação dos protagonistas passará por um estremecimento, com Jenko envolvendo-se com o grupo dos atletas e as famosas fraternidades, enquanto Schmidt ficará escanteado por causa da primeira impressão “nerd” que transmite.

O espectador não deve preocupar-se em ir assistir Anjos da Lei 2 em busca de um roteiro elaborado ou piadas inteligentes, mas há de se reconhecer que ficou muito bem feito dentro do que se propõe. Um entretenimento satírico a amizade masculina, o ambiente universitário, as ações policiais entre outras situações menores como as piadas com referências a acontecimentos locais, celebridades e fatos curiosos também ligados à realidade americana.

O trabalho dos atores principais é muito bom, até mesmo Channing Tatum encarna bem o papel de se auto ridicularizar como aquele responsável pela parte “física” e pouco cérebro, enquanto Jonah mantém a linha de outros filmes de comédia que participa sendo o gordinho chato e sem carisma. Há alguns exageros nas partes em que se busca brincar com a amizade masculina, tendo alguns momentos constrangedores com insinuações a homossexualidade, mas nada que prejudique em excesso. Até a rotina de eventos das comédias românticas está presente só para o leitor ter a dimensão. No mais vale a pena ser visto para quem curte dar umas boas risadas sem precisar se valer de humilhações e imbecilidades, como na maioria das comédias lançadas.

Intensidade da força: 7,5

2 opiniões sobre “Anjos da Lei 2”

    1. Tenho que assistir o primeiro corretamente, até agora só vi pedaços e não consigo chegar a uma definição apenas com isso. Pelo que se comenta parece ser mais interessante nesse sentido.

Deixe seu comentário