Sem Escalas

Título Original- Non-Stop
Título Nacional- Sem Escalas
Diretor- Jaume Collet-Serra
Roteiro– John W. Richardson/ Christopher Roach
Gênero– Ação
Ano– 2014

– Tensão no ar…

Um agente federal aéreo (sim nos EUA eles tem até isso) está prestes a enfrentar um desafio que o colocará em enorme pressão, tão grande, talvez, quanto a do próprio avião. Nestes termos gerais está estabelecida a ordem para que a decolagem aconteça em Sem Escalas, filme estrelado por Liam Neeson (Bill Marks), que, depois dos 60 descobriu uma nova vocação, ator de filmes de ação. Ainda que não desempenhe bem as funções que requerem maior esforço físico, seu carisma em tela empurra para cima os trabalhos que encabeça, neste exemplo não há exceção, mesmo que não haja grandes momentos apoteóticos durante a exibição sua personagem é suficientemente bem trabalhada para conseguir sustentar-se sem precisar aventurar-se perigosamente.

Com toda a onda de terrorismo e ameaças aos Estados Unidos, inúmeras posturas são tomadas pelo governo a fim de acalmar sua população, muito embora a neurose esteja sempre lá, ainda que inerte em determinadas pessoas, basta uma pequena força para que surja em todo seu desespero e pavor. Este é um dos pontos chave que o longa se atém e, na verdade, será o maior desafio que o Agente terá que superar durante os momentos em que está sob a ameaça do criminoso que resolve chantagear o policial a fim obter a quantia de 150 milhões de dólares.

Desenvolvido de maneira inteligente o filme não busca fazer o espectador de bobo, iludindo-o com sugestões de que sejam pessoas improváveis, mas ainda assim consegue causar certo espanto quando revela quem estava por trás de tudo aquilo. Uma boa mostra para outros filmes que resolvem trilhar este caminho e sempre tentam aproveitar-se deste tipo de truque.

O resultado é previsível, mas ainda assim prende a atenção do espectador, comprovando o bom desenvolvimento. Liam Neeson ainda que deixe a desejar nas cenas mais intensas, compensa com sua boa presença. A direção opta pelo caminho mais sóbrio de abordagem com apenas um momento mais exagerado durante todo o filme, contribuindo para uma boa adequação com a trama que apresenta. No geral um filme competente e que vale a pena o investimento.

Intensidade da força: 7,0

Deixe seu comentário