Universidade Monstros

Título Original– Monsters University
Título Nacional- Universidade Monstros
Diretor- Dan Scanlon
Roteiro– Dan Scanlon/ Daniel Gerson
Gênero– Animação/Comédia
Ano- 2013

– Sucessor universitário…

O Monstros S.A sempre foi um título bastante elogiado e por conta disso a Pixar resolveu trazer uma nova história baseada naquele mundo. Desde que a Disney assumiu o controle, a empresa vê com bons olhos reciclar algumas ideias, a despeito de Carros 2, Procurando Nemo 2 que está por vir, entre outros. Depois de uma sucessão de filmes razoáveis e fracos é possível afirmar que o novo título configura um bom acerto, mesmo que ainda um tanto distante da excelência vista em outros momentos pelo estúdio de animação.

A história trata do passado, ou seja, este novo Monstros é um filme que conta as origens dos protagonistas e demais personagens que aparecem no primeiro filme. Mike e Sully são os líderes, assim como no primeiro, e o foco está em tentar mostrar como foram os passos dos dois antes de chegarem a empresa de sustos que é o foco do filme precursor. É basicamente um longa que remete ao universo colegial americano, pode-se dizer que é uma comédia teen só que em formato animado e num universo peculiar.

Mike sempre teve o sonho de ser um “assustador” e acredita que com esforço conseguirá atingir seu intuito, muito embora ninguém o leve muito a sério. Quando chega a Universidade Monstro ele começa a dar seu melhor para provar que os outros estão errados até que numa discussão com seu ainda apenas rival, Sullivan, os dois serão expulsos do curso e terão seus sonhos ameaçados. Ao contrário de Mike, Sully tem um renome de familiar a zelar, no entanto sente enorme dificuldade para atender às grandes expectativas, resultando em alguém acomodado, mas com potencial.

Depois de expulsos os dois irão juntar forças para provar que são dignos de serem aceitos de volta no curso de “assustadores” e usarão a Prova de Susto para tal intento, mesmo que a diretora não creia no sucesso da dupla. Durante os desafios da prova a confiança e amizade entre Mike e Sully irão acontecer, bem como as rivalidades com outras personagens. Recheado de situações divertidas e bem boladas, Universidade Monstro garante muitas risadas e agrada apesar de carecer do “algo mais” que a Pixar conseguiu entregar noutros momentos.

A parte técnica é competente no geral com uma animação bem colorida e criativa que preza mais pelo caricato integrando bem com o tema tratado, uma trilha sonora adequada compõe bem a sintonia com os acontecimentos. Na história não há muito a destacar, envolvendo o lado típico dos filmes de colegial americanos, com o acréscimo de temas como amizade, acreditar em si mesmo e não “julgue um livro pela capa”. É um filme com enfoque mais infantil, mas que faz bem aquilo que se propõe. Muito acima de Carros 2, por exemplo.

Intensidade da força: 8,0

2 opiniões sobre “Universidade Monstros”

    1. Márcio já tá pegando o jeito da força. É isso aí mesmo às vezes o poder da força varia de pessoa para pessoa! AHAHA!

      Abraços aí meu caro!

Deixe seu comentário