Homem de Ferro 3

Título Original- Iron Man 3
Título Nacional– Homem de Ferro 3
Diretor– Shane Black
Roteiro– Drew Pearce/Shane Black
Gênero– Ficção/Ação
Ano- 2013

– Mais bonito, não necessariamente melhor…

Assim são os primeiros minutos de Homem de Ferro 3, novo filme do herói dos quadrinhos Marvel que conquistou o público e abriu caminho para o ambicioso projeto da editora que conseguiu emplacar sucessivas produções com suas personagens sempre com bons números de bilheteria. Aquele que abriu o caminho está de volta para iniciar uma nova etapa nos planos de seus criadores. Com um orçamento equiparado ao segundo (200 milhões) o longa conseguiu utilizar bem os recursos disponibilizados entregando uma produção muito bem acabada tecnicamente. Continue lendo Homem de Ferro 3

A Morte do Demônio

Título Original- Evil Dead
Título Nacional– A Morte do Demônio
Diretor- Fede Alvarez
Roteiro– Fede Alvarez/Rodo Sayagues
Gênero– Terror
Ano- 2013

– Não ficou tão ruim..

Chegou aos cinemas o remake do terror Evil Dead. O original de Sam Raimi (primeira trilogia do Homem Aranha) marcou uma época e deu novo ânimo ao gênero, assim como, lançou o diretor definitivamente para Hollywood. Fazendo uso intenso do “gore”, o filme rendeu ótimas críticas na época e virou símbolo. Agora, a obra está de volta, repaginada, sob as mãos de Fede Alvarez, sul americano pouco conhecido e que tem basicamente curtas em sua carreira. Continue lendo A Morte do Demônio

Oblivion

Título Original– Oblivion
Título Nacional- Oblivion
Diretor– Joseph Kosinski
Roteiro- Joseph Kosinski/Karl Gajdusek
Gênero– Ficção/Ação
Ano– 2013

– O ano da ficção…

Alguns gêneros sofridos parece que terão o ano da redenção em 2013. O terror promete com alguns títulos interessantes e a ficção científica ainda mais com Pacific Rim, Star Trek 2 e porque não, Oblivion. Ainda que esteja tendo análises inconsistentes mundo a fora, a verdade é que se trata de um exemplar sólido que não abusa de algumas banalidades do gênero, apesar de sugerir isso no começo. Traz uma trama até certo ponto interessante que consegue prender o espectador, pois constrói de forma sólida o caminho até o seu desfecho, ainda que este último não tenha ficado tão bem ajustado assim. Continue lendo Oblivion

Ainda mais Power com o AdoroCinema!

O Power Cinema dá um passo importante para difundir o prazer do cinema!

Agora somos parceiros do site n°1 em cinema no Brasil: O AdoroCinema! Esta união representa muito para nós, pois teremos mais visibilidade e a chance de conseguirmos algumas exclusividades para nós e para quem  nos acompanha. Poderemos abrir sorteios de brindes e oportunidades para quem curte o cinema, mas não é chato. 😛 Continue lendo Ainda mais Power com o AdoroCinema!

Mama

Título Original- Mama
Título Nacional– Mama
Diretor– Andrés Muschietti
Roteiro– Neil Cross/ Andrés Muschietti
Gênero– Terror/Suspense
Ano- 2013

– Mamãe super zelosa…

O ideal seria colocar uma vozinha assustadora para pronunciar o nome do filme e assim resumir quase tudo a respeito da produção. Este é Mama, mais uma obra com a supervisão de Guillermo del Toro, um nome de muito respeito no meio cinematográfico atual, ainda mais quando se trata de temas um tanto sombrios com ar de fantasia. Ele conta com títulos como Labirinto do Fauno, Hellboy 1 e 2 além de ter se envolvido com outros títulos como Não tenha Medo do Escuro, O Orfanato, a lista é imensa. Talvez se O Hobbit tivesse sido feito por ele, como foi originalmente pensado, poderíamos ter tido um filme que captasse a essência do livro de forma mais rica. Continue lendo Mama

Jack – O Matador de Gigantes

Título Original- Jack the Giant Slayer
Título Nacional- Jack – O Matador de Gigantes
Diretor- Bryan Singer
Roteiro– Darren Lemke/Christopher McQuarrie
Gênero– Aventura/Fantasia
Ano– 2013

– Diversão revigorada…

Ainda na onda das revisões dos clássicos infantis a bola da vez é com o conhecido por nós como João e o Pé de Feijão. Na língua inglesa trocam o nome de João por Jack (Nicholas Hoult) e agora a história é transformada em alguns aspectos numa aventura com muitos perigos, algumas mortes, transformando a ideia original em algo que atinja um público mais amplo. Aqui configura o melhor exemplo, num contexto geral, de todas estas adaptações das fábulas. Continue lendo Jack – O Matador de Gigantes