Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Título Original- The Dark Knight Rises
Título Nacional- Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
Diretor- Christopher Nolan
Roteiro-Jonathan Nolan/Christopher Nolan
Gênero- Ação/Drama/Policial
Ano- 2012

– O ressurgimento para o fim. O fim para o ressurgimento?

O que vem primeiro não importa, mas que o último Batman prometido por Nolan traz um pouco de ambas as sensações não deixa de ser verdade. Nesta investida é apresentado um Batman mais velho, afetado pelas lutas do último filme. Tudo parecia não mais necessitar de sua intervenção, mas uma nova ameaça surge e se faz necessário o seu retorno. Será que ele conseguirá estar à altura deste novo desafio? Só enfrentando as quase 3 horas de longa para que a resposta a esta questão seja encontrada. O que é garantido é que, mais uma vez, se consegue entregar uma obra especial que mantém o nível muito alto para as produções no estilo. Continue lendo Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

O Espetacular Homem-Aranha

Título Original– The Amazing Spider-Man
Título Nacional- O Espetacular Homem-Aranha
Diretor- Marc Webb
Roteiro-James Vanderbilt/Alvin Sargent
Gênero– Ação/Aventura/Ficção
Ano– 2012

– Qual é o espetacular?

Com um título de impacto que sugere o passado, mas se baseia num universo paralelo mais moderno (Ultimate), é assim que chega aos cinemas a nova saga da série do aracnídeo da Marvel. Um “reboot” um tanto precoce que fica num meio termo de pontos entre superar e perder para o original de Sam Raimi. O Power Cinema foi conferir e traz as impressões daquela que promete ser a nova saga do Aranha nas telonas. Continue lendo O Espetacular Homem-Aranha

A Era do Gelo 4

Título Original- Ice Age: Continental Drift
Título Nacional– A Era do Gelo 4
Diretor- Steve Martino/Mike Thurmeier
Roteiro-Animação/Comédia/Aventura
Ano- 2012

– A era passou…

Já em a Era do Gelo 3 se percebeu uma saturação da franquia, mas com sacadas interessantes ainda foi possível dar um respiro ao longa, resultando num bom produto final, entretanto, a fórmula básica já mostrava sinais de desgaste agudo. Agora, com sua quarta aparição pode-se ver que já deu. Não só pela saída do brasileiro Carlos Saldanha da direção, mas pelo desgaste que se acentuou ainda mais, sem nenhum tipo de sacada que contribuísse a ponto de salvar a obra. Continue lendo A Era do Gelo 4