Cowboys & Aliens

Título Original– Cowboys & Aliens
Título Nacional- Cowboys & Aliens
Diretor– Jon Favreau
Roteiro- Roberto Orci/Alex Kurtzman
Gênero– Faroeste/Ação/Aventura/Ficção
Ano– 2011

– Cowboys e Aliens?

O que esperar de um filme que conta com um título completamente sem sentido destes? Duas opções: 1- Uma história rica, extremamente criativa e cativante que poderia agregar e muito a dois gêneros que precisam de um refresco em seus ares (ficção e faroeste); 2- Um filme completamente perdido que não traz nada com nada e fracassa miseravelmente em tudo que se propõe.

O curioso é que o título em questão traz um meio termo a estas duas possibilidades, constituindo-se numa alternativa interessante de se conferir em momentos de poucas opções nos cinemas de sua cidade ou quem sabe para assistir em DVD.

A história é super rápida e sem maiores aprofundamentos. Começa com Jake Lonergan (Daniel Craig) acordando ferido e sem entender muito do que se passava ao seu redor. Logo é abordado por estranhos que tentam capturá-lo e já demonstra toda a dureza daqueles tempos em que os fracos não tinham vez. Dali por diante ele se dirigirá à cidade mais próxima e tentará se inteirar do que poderia ter acontecido, mas os inimigos se apresentam primeiro e o forçam a agir, mesmo que por impulso ele consegue combater os estranhos e percebe que não se tratavam de seres do nosso planeta, mas sim Aliens!

O que faz todos irem de encontro a estes invasores é o fato de que eles capturam os humanos que vêem pelo caminho e todos se tornam envolvidos de alguma forma com a situação. Inclusive o chefão da área, Woodrow Dolarhyde (Harrison Ford), num primeiro instante não vai com a cara do anti-herói, contudo descobrirá que para sobreviverem terão que se unir contra um inimigo comum muito mais perigoso e poderoso. A este time irão se unir Ella Swenson (Olivia Wilde) e o Doc (Sam Rockwell) dentre outros. A perseguição será implacável de ambos os lados e a sensação de não ter para onde fugir impulsiona o grupo de humanos.

A trama é muito corrida, mal explicada e nisso residem seus maiores problemas. As atuações não estão mal, principalmente Craig, mais uma vez interpretando um cara durão, mas com certo carisma. O romancinho piegas está lá, entretanto não se revela uma completa bola fora, outros momentos mais sentimentais tentam dar o alívio a uma possível intensidade na perseguição, que nunca atinge tal clímax e não necessitaria de tais momentos. Em geral Cowboys e Aliens termina se revelando um filme mediano que termina se salvando pela temática pouco usual e o mix bem antagônico. De resto, pouco se salva.

Intensidade da força: 6,0

Deixe seu comentário