Se beber não case contrata roteirista para sequência.

Pois é gente, como se não bastasse uma segunda parte (muito boa é verdade, mas que já se repete no mote principal) os executivos responsáveis pela comédia não querem saber de se darem por satisfeitos. Eles anunciaram há pouco tempo um roteirista, Craig Mazin,  já responsável pelo segundo episódio. Esta notícia foi veiculada por um meio de comunicação especializado de Hollywood, Tracking-board.

A situação fica difícil de se confiar para uma possível continuação, pois o filme atual saiu muito desgastado, embora tenha feito bons números e dividido opiniões quanto à sua qualidade, considerando o público que assistiu, porém no meio crítico sofreu pesadas opiniões adversas e ficou bem aquém da quase unanimidade do primeiro longa. A esperança de que a qualidade em todos os sentidos retorne na continuação vem do diretor, Todd Philips, que afirma categoricamente que sabe qual rumo deve tomar no próximo e que não passa pelo que foi realizado nos primeiros. É ver para crer.

Abraços ressaqueados Power!

Deixe seu comentário