Akira e seus problemas…

A saga de transposição do maior ícone dos animes no Ocidente, Akira, continua seu calvário. Agora, foi a vez dos irmão Hughes (Livro de Eli, que considerava ótimas opções para a direção) sairem do projeto, segundo eles, de forma amigável, por “divergências criativas”. A mais manjada das desculpas dadas por estas pessoas quando abandonam projetos e não querem assumir riscos.

A Warner vem encontrando muitas dificuldades para por a produção nos eixos. A começar pela dificuldade em encontrar um ator que represente o papel de Kaneda (protagonista do anime original), agora mais este problema com que conduz a obra, sem falar noutros inúmeros atravanques que perseguem a produção.

Nestas idas e vindas preocupantes a única coisa boa que se pode perceber é o esforço da Warner em não queimar precipitadamente a idéia, acelerando planos e buscando a todo custo angariar tostões com a obra. A questão é que vai ficando cada vez mais distante e complicado dar a vida a tal empreendimento, mas a esperança em ver uma das grandes obras do gênero bem adaptada ao cinema continua.

Abraços tensos Power!

Deixe seu comentário