Produtor de Fúria de Titãs admite erros e fala sobre o 2° filme.

O produtor Basil Iwanyk admitiu em entrevista que o primeiro Fúria de Titãs não saiu perfeito (OHH!) e que isso se deveu, principalmente ao 3D convertido que utilizaram no filme. Comentou que a falta de tempo terminou sendo o “calcanhar de Aquiles” do filme e que, por isso, as falhas ficaram mais aparentes em certos pontos, como roteiro, acabamento.

Bom saber que há bom senso na equipe que realizou o filme, pois assim é possível ter esperança de que numa sequência alguns erros cometidos sejam, ao menos, minimizados. Torçamos para isso porque a idéia é muito boa, mesmo com a “mistureba” realizada. O defeito maior da produção não é este, mas sim a falta de polimento e me parece que a falta de tempo surge como argumento bem plausível para tantas falhas.

A continuação tem data para começar a ser filmada no início do ano que vem. Espero que dessa vez otimizem e aproveitem melhor o tempo disponível para realizar uma boa obra de verdade.

Abraços Power!

Deixe seu comentário