Tropa de Elite 2- O inimigo agora é outro

Título Original- Tropa de Elite 2- O inimigo agora é outro
Título Nacional- Tropa de Elite 2- O inimigo agora é outro
Diretor- José Padilha
Roteiro– Bráulio Mantovani
Gênero- Policial/Ação
Ano- 2010

– A elite dos filmes nacionais…

O fenômeno que se iniciou com o primeiro filme persiste na sequência. Só que agora com muito mais força, penetração e dimensão. O alvoroço causado por Tropa de Elite já tinha sido marcante, porém com o 2 atinge um alcance nunca antes imaginado no cinema nacional. O filme vem batendo todos os recordes de bilheteria e de números de exibições, sem falar na multidão que arrasta para os cinemas desde sua estréia, tanto é assim que a nossa review sai bem atrasada, visto que tivemos que esperar um pouco para que a agonia da estréia diminuísse para se poder ter uma sessão minimamente agradável e que possibilitasse uma boa diversão para nós. Deu certo! Ainda bem! O que posso adiantar é que o filme realmente é tudo isso que vem sendo veiculado pela mídia e muito mais. Aqui, para o Power Cinema, o que importa é a qualidade do filme em geral e não o sucesso em termos de $ que ele vem fazendo, apesar disso ser muito importante também. Continue lendo Tropa de Elite 2- O inimigo agora é outro

Danny Boyle pode voltar à direção em Extermínio 3

A série Extermíno (lá fora 28 days later, 28 weeks later…) pode voltar a ter Danny Boyle (dirigiu o primeiro e Slumdog Millionaire, entre outros) na cadeira principal para a terceira continuação. Isso seria uma excelente notícia para os fãs do filme, visto que o primeiro é um ótimo filme do gênero terror, enquanto o segundo (que conta com Danny, mas apenas na produção) tem uma caída acentuada, porém ainda se destacando por larga margem de outras produções no estilo.

Ainda não se sabe qual será o lapso de tempo adotado no terceiro filme (28 months, 28 years, provavelmente months. TOMARA!) o que o Power Cinema pode adiantar é que se a notícia se confirmar e Boyle voltar à frente do filme isso pode dar um gás e tanto a produção. Nós aqui continuaremos de olho e torcendo para que tudo dê certo e possamos ver um dos últimos reminiscentes de qualidade no abalado gênero.

Abraços Power!

Produtor de Fúria de Titãs admite erros e fala sobre o 2° filme.

O produtor Basil Iwanyk admitiu em entrevista que o primeiro Fúria de Titãs não saiu perfeito (OHH!) e que isso se deveu, principalmente ao 3D convertido que utilizaram no filme. Comentou que a falta de tempo terminou sendo o “calcanhar de Aquiles” do filme e que, por isso, as falhas ficaram mais aparentes em certos pontos, como roteiro, acabamento. Continue lendo Produtor de Fúria de Titãs admite erros e fala sobre o 2° filme.

Filme de Freddie Mercury acontecerá e já tem ator definido!

Os fãs da Banda Queen (me incluo entre eles!) podem ficar alegres. Foi confirmando que haverá um filme sobre a vida do cantor que era o vocalista da banda, mas quem pensa que o filme só falará do Freddie está enganado, por ser contado apenas até o Live Aid 85 abrangerá basicamente a carreira de Freddie enquanto membro da banda já que suas idas e vindas na carreira solo  não tinham muita profusão nesse período. Continue lendo Filme de Freddie Mercury acontecerá e já tem ator definido!

Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme

Título Original- Wall Street: Money Never Sleeps
Título Nacional- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
Diretor- Oliver Stone
Roteiro- Allan Loeb/Stephen Schiff
Gênero- Drama
Ano- 2010

– O dinheiro é tudo?

O filme ganharia muito mais pontos se fosse mais realista com relação a isto. Eles tentaram nessa continuação trazer uma visão mais leve com relação às pessoas que trabalham em Wall Street, uma ótica que às vezes não existe, ou é tão insignificante que nem vale a pena mencionar. Os caras ali são dos piores tipos de gente realmente. Eles passam por cima de tudo e todos para conseguir o que querem, seja por causa do jogo de poder, seja porque gostam do dinheiro que podem ganhar, de uma forma ou de outra o dinheiro sempre é a questão. Oliver Stone resolveu dar uma atenuada e um filme que era para ser duro, como é de costume do diretor, fugiu bastante disso, talvez por medo já que suas últimas produções foram todas muito criticadas pela narrativa pesada e fria. Continue lendo Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme