Velozes e Furiosos 4

Título Original- Fast&Furious
Título Nacional– Velozes e Furiosos 4
Diretor- Justin Lin
Roteiro- Chris Morgan/Gary Scott Thompson
Gênero- Açao
Ano- 2009

– O melhor até agora…

A conturbada e ameaçada franquia de V&F finalmente conhece seu episódio de maior valor. Dessa vez Vin Diesel e Paul Walker acertaram na trama de verdade, não que ela seja uma baita trama altamente intrigante e de qualidade elevada, mas é a melhor produzida e balanceada desde então. De V&F 1 que possuia uma trama bem rasinha e com poucas cenas de carros de verdade, ainda sim tinha-se tido o melhor V&F entre os 3 anteriores, passando por V&F 2 o fracasso até então um filme muito ruim em todos os quesitos e que resultou em toda uma dificuldade de produção do 3. Por último V&F 3 que ainda é o melhor filme dos 4 se formos tomar como exemplo a atenção aos carros, mas que esqueceu de todo o resto. V&F 4 apresenta uma trama melhor que a do 1 e traz um foco muito bem feito entre os carros e o resto, apesar de ainda estar abaixo do 3 em termos de tratamento aos carros, mas fica acima do último pelo conjunto da obra.

Neste filme temos a volta da dupla original do primeiro V&F com Dominic (Vin Diesel) e Brian (Paul Walker) sem falar de Jordana Brewster (Mia) e Michelle Rodriguez (Letty), essa última retirada do filme ainda nos primeiros minutos. Por que? Óbvio, quem iria aturar as loucuras da “pessoa” Michelle Rodriguez? De volta ao filme, temos Dominic fugindo da polícia que dessa vez está no encalço do “pirata” do asfalto e para se poupar e aos seus amigos resolve por um fim naquela vida, mal sabia Dominic que a calmaria duraria pouco. Ao saber que Letty fora assassinada ele resolve buscar vingança e nesse caminho ele vai se bater novamente com Brian.

Brian agora estava no FBI (alguns anos após os eventos do primeiro filme) ele havia enganado todos, inclusive Mia, e tinha conseguido se manter na polícia com isso e ainda conseguido a promoção. Brian estava no encalço do famoso traficante Campos (John Ortiz) e sabia que ele utilizava pilotos com carros “envenenados” para o transporte de seu “produto”. Ao mesmo tempo, Dom descobre que Campos estaria envolvido de alguma forma na morte de Letty e também vai ao encontro do criminoso. Numa corrida de iniciação Brian e Dom disputam a vaga para ver quem seria o novo piloto da equipe de Campos.Dom vence, mas Brian dá um jeito e também consegue entrar para o time.

Depois de muitos percalços Dom descobre toda a verdade e Brian volta a ficar no dilema do primeiro V&F, se ajudaria Dom ou cumpriria seu dever como policial. Como se pode perceber a trama de Velozes e Furiosos é básica, mas é um pouco mais bem formulada que os demais, com algumas reviravoltas (perceptíveis) que já demonstram uma tentativa de apuro maior com o filme de sua equipe. Parece que Vin Diesel e Paul Walker resolveram levar a sério a única série que os notabiliza e o resultado pode ser muito bom. Apesar de termos pessoas contra continuações (o próprio Vin Diesel já disse isso) é visível de que o cinema precisa de um filme como Velozes e Furiosos que bem ou mal é o único representante digno do gênero. Entre tantas porcarias que vemos por aí é até injusto V&F não ter seu espaço nesse mundo.

O filme é bem produzido, com cenas de ação acima da média trazendo uma adrenalina diferente à franquia, não vista nos demais. A cena de abertura e a cena da corrida de iniciação são os pontos altos do filme nesse sentido, porém ainda há outras cenas de ótima qualidade. O que arrasa um pouco é a interpretação. Vin Diesel é o típico herói de filmes de ação ao melhor estilo Schwarzenegger e não há um grande problema nisso, mas Jordana Brewster é de doer de ruim e neste filme fica explicado porque Paul Walker não deslanchou. Ele é muito pouco melhor que Vin. Ainda há espaço para melhoras em Velozes e Furiosos, no entanto a certeza de terem achado a “fórmula” de sucesso para o longa é mais certa e a equipe pode trabalhar com mais consciência nos 2 seguintes. A mais nova notícia é de que o próximo filme poderá ser rodado no Brasil. Será? Seria, no mínimo, curioso!

Intensidade da força: 7,0

Deixe seu comentário